Periodontia

O periodonto (PERI = em torno de; ODONTO = dente), compreende a gengiva, o ligamento periodontal (que une todo o sistema), cemento e osso (que circunda os dentes) e sua função é inserir o dente no tecido ósseo dos maxilares e manter a integridade da superfície da mucosa mastigatória da cavidade oral.

O principal inimigo da gengiva é a placa bacteriana, que não é removida na escovação e consequentemente pode provocar a gengivite, que é a inflamação da gengiva, e atingir áreas mais profundas, infectando o tecido ósseo, ligamentos, causando a periodontite.

Doenças periodontais causam sérios problemas à saúde bucal, a perda de dentes é um deles. É importante saber, que esses problemas não se limitam à boca, e tem relação direta com a saúde como um todo, podendo elevar os fatores de risco para doenças do coração, diabetes, parto prematuro, entre outras.

O tratamento começa com a remoção cuidadosa das placas bacterianas e do tártaro, utilizando técnicas minimamente invasivas para evitar traumas na área já inflamada. O segundo passo é treinar o paciente para que ele mesmo remova a placa bacteriana no seu dia a dia de maneira satisfatória e sem machucar a região: a partir do uso correto de fio dental e da escova, até indicação de acessórios mais adequados ao seu perfil. Para finalizar, se inicia o programa de manutenção preventiva, com consultas periódicas em intervalos de dois a seis meses de acordo com cada caso.

A periodontia é também a responsável pela plástica gengival. O excesso de gengiva é retirado ou é feito enxerto nos casos de raízes expostas com uma cirurgia simples que além de não causar desconforto regenera o sorriso.